25/11/2011

Quilombo da Fazenda - Parte 2

Em algumas postagens mais antigas, tem mais sobre esse quilombo

Fogão a Lenha - o Sabor que posso dar - essência da experimentação

O Segredo dos Antecedentes

Pelo sabor de viver

Compondo em Comunidade

Por Ser - Estar e Pertencer

Pela minha personalidade

A Garra que tenho, descansa em meus olhos - atentos

pela alegria e risos dos antecedente - sempre em construção

Por pertencer, transformo em alegria

aquilo que me atrevo - espelha em meus olhos

Transformo do barro, com meus pés - fundamentos a minha segurança

até aonde posso ver

Nos meus toques - daquilo que eu gosto

Transformando em milagres e minha composição

Da Arte, o que posso criar

Compondo o Mundo

O Despertar da alegria

Das manhas de minha história

Da mãos que tocam minha história e os acendentes

Pelo estar dos sonhos

Pela força de compor e se unir

Por poder transformar

Casa de Pau Apique

da janela para imensidão

Aos Caminhos que segue minha alma - encontro de meu coração

Que colho para meu sustento

Daquilo que posso conhecer - observo com minha alma

Pisar o Barro - o poder da criação

Da minhas mãos - Quem moldam em Barro e sai da terra o meu lar

Caminhos do Homem - e a evolução

Explorando toda a liverdade

Do crescer ao pertencer e transformar

Educando e Transformando

Transmissão do puro da realidade

Na Leveza de minha alma

Por minha autenticidade

da cultura ao que posso inovar

Liberto em todos os meios

Por estar

Daquilo que faço, com fé, e posso realizar

As Glórias da criação - da educação e dos antecedentes

Por Estar no meio

Daquilo que eu gosto - e realizo

Da fé - que encaixa nos lares

Pertencer

Estático na Alegria

Constuindo Nossa Vida

Por Anos de Labor

Estético

Grazi, Pela graça de participar